quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Religiões: Unindo e Separando

 


    Nesses últimos dias venho me perguntando frequentemente sobre os papéis das religiões no mundo, posso ser taxado como uma pessoa de caráter duvidoso, por estar postando esse texto sobre um assunto muito polêmico, mas queria dividir isso com os leitores desse blog e saber das opiniões de vocês, o que acham e coisa e tal. Pois bem, sei que o principal objetivo, pelo menos das maiorias das religiões que conheço, é o de aproximar nós seres humanos pecadores mortais do ser Divino e Supremo, Deus nosso pai.
   Maaas ao mesmo tempo em que podemos observar essa questão, podemos ver também que existe uma determinada exaltação de que a religião que fulano participa é melhor do que a de sicrano e por consequência melhor do que a de beltrano e por aí vai, isso vai se transformando em uma bola de neve, quando na verdade, penso que nenhuma é a certa ou a errada, existem os confrontos de ideias e de posicionamentos entre elas, e o que seria para aproximar o homem de Deus, acaba por separar o homem do homem, e isso Deus não desejaria, separatismos entre nós seres viventes de sua criação e irmãos que por lógica deveríamos vivermos unidos.
   Queria deixar bem claro, que não sou contra qualquer tipo de religião, mas também não sou a favor desses julgamentos conclusivos que fanáticos de qualquer igreja fazem contra seguidores de outras, de qualquer forma para minha tristeza, compreendo perfeitamente a existência desse problema, uma vez que o homem quando é dominado pela vaidade e pelo egocentrismo, não costuma respeitar as diversidades existentes no planeta terra, em todos os aspectos.
    Para finalizar, não tomem esse texto como um desabafo por qualquer ofensa sofrida ou coisa parecida, ele surgiu exclusivamente devido a interesses por respostas de um mundo que sinceramente foge completamente do meu entendimento, além do mais não sou seguidor fiel de alguma igreja, não sei se digo para minha felicidade ou infelicidade, procuro seguir Deus por intermédio de Cristo, o amor e o respeito mútuo, isso, acredito ser mais importante.


Carpe Diem!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Palavras De Um Aprendiz

   

   Que a cada dia que passa eu possa estar contemplando o gosto de aprender com aqueles momentos que nos são ofertados e que nos deixam meio que preocupados, que possa superá-los de forma que seja tomado pela confiança em um Deus, que não nos decepciona, pois ele é incapaz de nos deixar na mão, muito pelo contrário, em tuas mãos ele nos carrega, algumas vezes somos afetados pela desesperança, somos por ser imperfeitos e pecadores, somos por ser humanos e em muitas das ocasiões fracos.
   Mas, o que seria da gente se a força maior, a divindade suprema não existisse? Seríamos um nada, um zero a esquerda, navegantes sem o auxílio de sua bússola. Por linhas tortas, temos a certeza de que um Deus sábio e um Deus pai escreve a cada dia um capítulo de uma obra única de autoria dele que é VOCÊ, ele prepara terrenos férteis para que a evolução aconteça e não podemos desviar em nenhum momento de seus ensinamentos, tenho sido testado, e nesses testes venho tendo a certeza maior de sua existência e isso me conforta.
   O método não importa para que você o encontre, os caminhos que te levam a crer na realidade de sua existência é o por menor de todo esse movimento, o importante mesmo é sentir a força que ele emana para que tenhamos capacidade de vencer algum obstáculo e acima de tudo para que tenhamos maior capacidade ainda de compreender os motivos de não vencê-los, tudo vem na hora certa, tudo vai na hora certa e o tempo de tudo não é a gente quem dita, tudo acontece no tempo de Deus, e estar ciente disso já me faz muito feliz.

Namastê
   

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Mesmo na Falta Sinto a Presença




   Hoje dia 02 de Novembro, dia de finados é dia de prestar homenagens para todos os entes queridos, amigos que fizeram a passagem, não vejo esse dia como sendo um dia triste, de maneira alguma, pois, não é o feriado de finados que me faz ficar mais ou menos abatido por ter perdido alguém, muito pelo contrário, me sinto com o espírito leve, por saber que apesar de terem partido, pessoas especiais que fizeram parte de minha vida, que contribuíram com a minha pessoa fazendo de mim o que sou hoje,se mantém conectadas e ligadas a mim tanto como os que se encontram encarnados.
  A morte em minha cabeça nada mais é do que o início de uma nova trajetória, e sofrer nesse plano não irá ajudar em nada quem se encontra no outro, temos mais é que viver, e saber aproveitar as oportunidades que a vida nos oferece a cada dia e sermos felizes, rezar, orar fielmente por todos aqueles que almejam o desenvolvimento próprio no mundo espiritual. Tenham a certeza de que farei minha parte e pedirei por todos aqueles que me marcaram e que tatuaram em mim um sentimento chamado saudade, porém, queria fazer uma homenagem particular a uma das pessoas que foram responsáveis por me colocar aqui na terra, e me possibilitar conhecer o mundo, o meu pai.
  Amei, discuti, sorri, chorei, fiz de um tudo, quando em vida ele estava ao meu lado, queria ter feito muito mais, mas não podia, não podia, pelo simples fato de que aquele seria o momento que ele partiria, mas era um partir sem nos deixar sentir falta de sua presença, pois todos sabemos que de uma maneira ou de outra ele ainda se faz vivo dentro de nós e é isso que importa, a segurança que ele nos passa a todo momento, ele cumpriu com os seus deveres, e foi participativo quando podia e até quando não podia ser, o amor é incondicional, e nada mais certo, do que terminar esse texto dizendo: Até breve meu pai, mais cedo ou mais tarde nos encontraremos novamente, evolua!

Primeiro Ano de Vida (Novembro/2012)


    Nesse mês comemoramos 1 ano de aniversário do blog, 1 ano de muitas estórias contadas com maior satisfação, é muito bom a sensação de fazer parte disto aqui, são poucas as palavras devido tamanha emoção que carrego na alma, então, queria mais uma vez agradecer a todos vocês, que abrilhantam o Faz Parte de Mim com uma luz própria, com uma luz única que renova a cada dia que se passa o astral desse ambiente. Muito Obrigado seus lindos! Feliz Aniversário FAZ PARTE DE MIM, que seja a primeira comemoração de muitos que se Deus permitir ainda virão.  \o/   :)

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Esperando Os Favores Dos Ventos




   Vem chegando a noite e junto com ela vem a certeza de que nada nesse mundo é permanente, o amanhã está por vir, mas, será que ganharemos o amanhã? Na medida que os raios solares se vão, junto a eles se despedem momentos inesquecíveis, tempos de alegrias e de tristezas, vitórias e derrotas, colhemos experiências e deixamos o que achamos nos pertencer, nada nos pertence, talvez nem mesmo as experiências colhidas, somos o quê afinal? O que temos? Tivemos o passado do qual não somos mais senhores, vivemos com o presente do qual não temos controle, do futuro temos expectativas que se desfazem com o tic tac do relógio, e com o andar da carruagem.
   Muitas coisas me fascinam, muitas coisas me deixam de cabeça baixa, muitas coisas me fazem erguê-la. Não é nada fácil ter que sobreviver nessa selva de pedras onde os corações perambulantes também são de pedras, se bem que alguns parecem serem de vidros, por se estraçalharem em meio a tantos desafios, em meio a tantas dores e frustrações, são raros os mestres em carregar na face sorrisos atrás de sorrisos, mesmo quando tudo está perdido.
   Embora, algumas coisas possam estarem se encaixando em meio ao percurso, desejaria só por pequenos segundos satisfazer uma vontade, e carregar nos meus sentidos a lembrança de um alguém importante,mas, que seja realmente marcante, que me faça jurar amor eterno, mesmo que de eterno ele não tenha nada, nem em ilusão o amor se faz tão assim, tão...convincente. Os amores que vejo hoje parecem estarem se desmanchando, como as próprias rochas que por mais fortes que sejam, conseguem se deixar deteriorar pelo poderes dos ventos, que os bons ventos leve também todo esse peso que sinto agora. ESPERANÇA, SEMPRE ESPERANÇA!
 

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A Máscara






   Era uma máscara, sim era uma máscara, muitos pensavam ser ele, aquilo. Talvez ele se misturasse tanto aquele disfarce que até ele mesmo acreditava ser o que não era, ele pensava outras coisas, ele queria outras coisas, ele desejava agir muitas das vezes de forma diferente, mas, o mundo não permitia, ele precisava se proteger, se proteger de quê afinal? Das pessoas ou de si mesmo? Eis a questão, mas ele precisava se proteger, e isto era um fato, ele não podia fugir daquela questão que o atormentava, que o enlouquecia.
  A aparência muitas vezes adotada, o fazia parecer com algo frio, gelado, que demonstrava ter total controle sobre seus sentimentos, e isto nem sempre era verdade, ele era capaz de sentir e de sofrer, porém, foram tantas tormentas enfrentadas pelo aventureiro em questão, que ele aprendeu a camuflar a máquina pulsante, e que em vários momentos, pulsou, pulsou, até parar, ele tinha que exercer um auto controle, se não o que existia lá fora passaria por cima dele e dele não teria dó.
   Então, ele resolveu não ter dó do que pudesse acontecer, e resolveu matar qualquer sinal, qualquer gota de amor em demasia nutrido por algum ser humano, que não fosse por si mesmo, ele era mais importante até o momento, pois ali naquele lugar ninguém sabia amar, ainda havia um fio de esperança de que as coisas pudessem mudar, qual seria o tempo, isso ele nem se quer imaginava, mas ele esperava, pois quando se exerce o auto controle, aprendemos o que é ter paciência, mesmo em meio ao desespero, e assim ele se tornava cada vez mais paciente!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

100 Seguidores




   A coroação por todo um trabalho começou a quase um ano quando recebi os primeiros seguidores no Faz Parte de Mim, foram tempos e tempos dedicados para que pudesse levar aos leitores de meu blog informações, confidências e palavras de apoio, não foi em vão, foi com muito carinho e amor que escrevi e continuo a escrever para ver isto acontecer, hoje 10 de Agosto de 2012 comemoro a marca do centésimo seguidor desse grupo que para mim é uma verdadeira FAMÍLIA.
  É com muita alegria que agradeço cada uma dessas pessoas que tiveram total atenção em acompanhar, comentar, ler, enfim, contribuíram de alguma forma direta ou indiretamente para a criação disso tudo, MUITO OBRIGADO! Ser blogueiro não é fácil, a cada postagem tentamos pescar mais um, mais um e mais um, rsrsrsrs. É uma luta diária, não é mesmo meus amigos? Queria dizer para todos os iniciantes que começaram ontem, hoje e agora no mundo da blogosfera que continuem dando o máximo de si, vale a pena!
  Hoje foram os primeiros 100, espero que esse número se multiplique várias e várias vezes, cada unção de palavras que saem de minha cabeça, são especialmente ofertadas para todos que admiram e valorizam o nosso trabalho. Por amor, me vejo aqui no teclado digitando o que pra mim são as criações mais sublimes já feitas por mim, ás vezes, faltamos um, dois, três dias, o vazio me toma por não postar nem que seja um (A), mas, a saudade chega e me põe novamente a semear PALAVRAS que me possibilitam trocar experiências vividas por todos nós.

Para quem chega, Seja Bem Vindo,
Para quem daqui já Faz Parte, Volte Sempre!
Abraços Carinhosos \o/
Alex Konrado

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Não Quebre O Meu Silêncio

 


   Muitos podem não entender, mas, ás vezes, o silêncio é o melhor remédio para determinadas situações. Pode ser medo? Pode. Pode ser falta de educação? Pode. Porém esse silêncio guardado com muito cuidado pode conter fatos que poderiam ferir muitas pessoas, tem gente que não se importa com esses tipos de detalhes, são aquelas pessoas que não tem vergonha de se arriscarem e acabam por testar a sorte nas várias arapucas armadas pelo caminho.
   Simplesmente não me vejo assim, penso nas consequências que teria um passo mal dado, uma vírgula dita sem noção, pode ser um defeito ou qualidade depende do prisma, mas, não consigo me satisfazer, gozar de plena felicidade desfrutando de um sonho ou desejo e ao mesmo tempo ter que passar por cima da felicidade envolvendo muitos. Tem gente que poderia dizer que isso é bobagem, se preocupar com os outros em primeiro lugar? O certo é se preocupar antes com as nossas pessoas, os outros vem depois. 
  Em minha cabeça se passam tantas coisas, são tantas vontades a serem realizadas, mas não me peça para tentar realizá-las passando por cima dos meus princípios, o problema de amar demais, é que as vezes você ama, você deseja tanto a outra pessoa, que você prefere não revelar seus sentimentos e sofrer sozinho, do que gritar aos quatro cantos do mundo e ver esta pessoa sofrendo milhares de consequências, um dia esse amor passa, ele acaba, morre dentro de nós mesmos pelo tanto que o sufocamos, nem sempre é assim que tem acontecer, mas, acontece!
  Não poderia ser feliz comendo a maçã da macieira do vizinho, seria como o fruto tão vistoso e aparentemente saboroso consumido por Eva, é usar para depois sofrer pela atitude mal feita, então, nem sempre podemos ter tudo o que queremos, devemos nos contentar com tudo o que temos, pois se somos felizes com tudo o que temos, naturalmente as coisas boas virão, pode doer, pode custar caro, mas, do que vale a vida se não nos sujeitarmos a algum sacrifício? Sacrifícios são necessários hoje, para enxergamos e entendermos os resultados deles amanhã que no meu caso tenho certeza de que serão bem melhores.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Corrente

Oração ao Santo Expedito



Meu Santo Expedito das causas justas e urgentes, socorrei-me nesta hora de aflição e desespero,interceda por mim junto a nosso senhor Jesus Cristo. Vós que sois um Santo guerreiro, vós que sois o Santos dos aflitos, vós que sois o Santo dos desesperados, vós que sois o Santo das causas urgentes. Proteja-me, ajuda-me, dai-me força, coragem e serenidade. Atenda ao meu pedido com " FAÇA O PEDIDO" Ajuda-me a superar estas horas difíceis, proteja-me de todos que possam me prejudicar, Proteja-me a minha família, atenda ao meu pedido com urgência. Devolva-me a paz e a tranquilidade. Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que tem fé. Muito Obrigado.

Rezar 1 Pai-Nosso, 1 Ave Maria e fazer o sinal da cruz.


Com muito carinho repasso essa oração a todos aqueles que precisam da ajuda de Santo Expedito, nas horas mais difíceis de nossas vidas buscamos conforto e segurança onde menos esperamos. Não foi por acaso que Santo Expedito entrou em minha vida e não será por acaso que ele entrará na sua. Desejo- lhes fé e confiança, assim, alcançará as graças desejadas e necessárias!


Alex Konrado.

sábado, 14 de julho de 2012

Vivendo e Convivendo





   Andava meio distante de meu xodó, talvez por conta da correria do dia a dia ou por estar meio relaxado, sei lá, o fato é que estava sentindo falta, muita falta de escrever. Durante esta semana me aconteceu uma coisa que achei uma situação chata e desagradável, me emocionei ao presenciar aquele menino que andava de maneira perdida entre pessoas que seguiam suas vidas normais, se divertiam, conversavam, trabalhavam, de alguma coisa se ocupavam. Não desejava que o mundo parasse e se ajoelhasse aos seus pés, só queria que alguém notasse a solidão de uma pessoa que andava por ali meio que desnorteado, era visível que aquele garoto era portador de alguma deficiência, física pelo que pude perceber. Ele rodava, rodava e não se encontrava.
   Era como se naquele meio ele não se sentisse a vontade, tudo o incomodava, talvez achasse que ele mesmo era o incomodo, ele parecia sentir-se um estranho frequentando um lugar de pessoas "normais", não me conformava, me senti sufocado, coração apertado, me encontrava acompanhado de uma grande amiga, e pedia para que ali também pudesse aparecer um grande amigo para lhe fazer companhia, parecia ser a ultima coisa que aconteceria, não aguentamos, ensaiamos como seria a abordagem, ficamos meio constrangidos, mas, depois de muita vontade retida no peito tivemos a iniciativa.
   Foi frio o primeiro contato, mas apesar de todo o desconcerto daquele momento, nos sentiamos aliviados por estar ali conversando com ele, um ótimo ser humano, de humor extraordinário, meio tímido, uma boa pessoa. Aquela atitude salvou a minha noite, noite que para mim se tornou calorosa depois daquele instante. Deus como sempre tem um próposito pra tudo, não queria sair de casa naquele dia, mas não sei quais foram os motivos que me fizeram mudar de ideia, talvez seja pra me colocar no caminho daquele menino nem que seja por riquissímos e preciosos minutos, que trouxeram novas concepções para a minha cabeça do que é viver e conviver!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Oração Para o Arcanjo Gabriel

   

   Para seguir adiante é necessário ter fé, força e foco. Então deixo aqui uma bonita e emocionante oração para o Arcanjo Gabriel, aquele que me guarda, que me guia e que me desperta para jornada que deixa de ser tão cruel quando alimentamos de sua presença. More em meu peito anjo, no meu trabalho e no meu lar. Amém!

Fonte: Youtube

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Crescendo com o dia a dia

 


   A maturidade se faz com o tempo, costumamos esperar pouco de nós mesmos, é fácil nos sentir fracos diante das situações e abaixar a cabeça pensando sermos bem menores que os problemas, muitas vezes até podemos ser e somos, mas esse mero detalhe não nos tira o direito da luta, da revolução e do protexto, podemos sim nos manifestar e na batalha agir, deveria ser mais que natural, mas, infelizmente não o fizemos muito essa pequena lição. Fico até meio surpreso com isso tudo, também tenho os meus momentos de fragilidade, de me entregar sem esboçar nenhuma reação pela causa, porém, parece ser uma coisa da qual não adianta fugir, mais cedo ou mais tarde seremos abraçados pelas consequências de nossas escolhas e teremos que assumir as responsabilidades de tais consequências.
   A cada dia que se passa me sinto e me vejo mais conhecedor de mim mesmo e de minhas capacidades, apesar de que o fato de termos toda uma vida pela frente não nos possibilita a chance de descrever e de revelar a nós mesmos a nossa própria identidade, apenas parte dela. Agimos, erramos, quebramos a cara, agimos novamente consertamos aquele erro lá de trás e por fim acertamos, a vida tem sido e é assim. É difícil, mas o jeito é desfrutar dos bons momentos e correr atrás dos prejuízos quando houver.
  Que curiosidades surgem a cada instante isso não é nenhuma novidade, tem vezes que viver é duro, complicado e não muito fácil, quase sempre. Mas, só de pensar que tivemos uma infância e uma adolescência preparatória para a vida adulta, temos mais é que viver constantemente acolhendo e superando essas dificuldades, caso o contrário estaria desfazendo de toda uma vida, de muitos momentos felizes que Deus me permitiu viver, de cada amanhacer e anoitecer assistido com tanta satisfação e brilho no olhar e isso me fortifica, me enche  de vontade de viver mostrando para mim mesmo que sendo na vitória ou na derrota, sempre serei capaz!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Mergulho no Desconhecido

 




   E depois de tempos vivendo uma figura que me trouxe muitos conhecimentos sobre a vida, eis que ressurge a personalidade ímpar novamente, com sede de aprendizado  e de aventuras e acima de tudo buscando encarar o desconhecido frente a frente, com certo receio, natural até então, ele tinha que aprender a ser ele mesmo, resgatar a sua imagem do passado, visando um grande futuro, e agora? Qual será o final dessa nova escolha? Qual será o destino daquele novo trajeto? Ninguém sabe.
   Ele tem medos, mas a disposição por querer mudar algo que o incomodava lhe dá forças, ele busca na fé e na esperança alimentos que os façam continuar de pé, mesmo que algo o assuste, ele caminha sempre adiante. Na vida nem tudo são flores, ele entende que há momentos em que os sacrifícios são necessários para se alcançar um objetivo por ele muito desejado, será que ele alcançará tal objetivo? Pra ele nada importa, o que lhe alegra é o fato de que se não o alcançar, pelo menos ele lutou, ele modificou, ele tentou, e isso são atitudes dos fortes, num estado de fraqueza ele conseguiu ser forte, e lançar tudo para o alto, almejando o seu alvo.
   Em meio aos tropeços, quedas e recuperações ele aprende o que é viver, ele aprende a ser gente de fato, e aprende acima de tudo o que é ser responsável pelas suas próprias escolhas, mesmo que o tiro no escuro não acerte em seu alvo, ele teve forças para atirar e tirar como o tradicional mágico o coelho de sua cartola, e apresentar para o público um novo ser, mais forte, mais vivido e mais experiente, porém, qual seria o valor de toda aquela experiência, se como uma criança rastejando e se desdobrando, ele aprende a dar os primeiros passos? Iremos descobrir de agora pra frente!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Valeu a Experiência

 


   E como a Fênix que ressurge das cinzas o passado retorna, aí ficamos divididos, reviver o que já tinha dado por morto ou deixar morto o que já tinha dado por morto? A questão é que a vida adora, adora não, ama brincar com a gente, nos fazendo de bobos, o tempo passa, eu mudei, ele(a) mudou, tudo mudou e o que o coração já não mais lembrava, os bons ou os maus ventos trata de te trazer novamente para plantar na sua cabeça simplesmente isto (?).
  Será que realmente tudo acontece não por acaso? E se assim for, qual a explicação de alguém que nos machucou e que você machucou também, reaparecer do nada? Seria a possibilidade de poder concertar o que houve de errado ou acabar de comprovar que o que aconteceu de errado deveria mesmo ter acontecido? São coisas que vem para nos testar,mas, de qualquer forma não deixa de ser algo bom, são esses momentos que comprovam que dentro de si algo mudou, talvez seria a conquista da experiência, notamos maior maturidade e isso realmente é muito bom!
  Então qual a jogada da vez? Que decisão tomar? Não importa! Qualquer alternativa que optarmos será de valiosa importância, pois, as consequências de qualquer decisão tomada será de um enriquecimento enorme para nossa personalidade, a verdade é que não nos conhecemos tão bem como achamos, somente distintos acontecimentos para revelar a essência, os desejos, qualidades e defeitos de nossas almas, tudo vem, tudo vai, mas a experiência fica.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Podemos Fazer Mais

   Tem fases na vida pelas quais passamos, que muitas vezes perguntamos a nós mesmos se realmente somos úteis em alguma coisa. Não é aquela questão do menosprezo não, é apenas uma curiosidade por saber se colaboramos de uma forma positiva para algum acontecimento ou para qualquer pessoa que seja. É achar que fazemos pouco, e poderíamos fazer mais para o mundo. Tem tantas pessoas necessitando de coisas simples como uma palavra amiga, um minuto de atenção bem prestado, um ombro de apoio para salvá-las de suas tristezas, ou pelo menos para aliviá-las. Eu posso fazer mais!
   Acho que é normal sentir-se deslocado, meio perdido, pensando talvez estar no lugar errado e na hora errada. Mas ai me pergunto: Por onde começar? São tantas perguntas no ar, tantas dúvidas. Não é que queira me transformar na madre Tereza de Calcutá. Não é isso! Apenas tenho esse desejo como forma de ajudar a mim mesmo, não tem coisa melhor, sentimento mais gratificante do que aquele que você carrega quando descobre que ajudou alguém através de um simples gesto, ficamos sem palavras e estampamos em nossas faces um belo sorriso de ponta a ponta.
    É como se fossemos parte de um quebra-cabeças montado, e ali naquele conjunto de peças, você quando encaixado na parte certa tivesse cumprido o seu objetivo, ou como se você fosse aquela formiguinha que carrega a sua folhinha e blá blá blá blá blá blá aquelas coisinhas que cansamos de ouvir,(Rsrsrsrrsrs). Mas o fato é que o mundo é tão grande, são milhões e milhões de pessoas espalhadas por ele, e geralmente nos restringimos a pouco, somos meio que limitados, individualistas e quase que não pensamos no bem comum como prioridade. Eu particularmente assumo a minha condição. Penso ser alguma coisa, mas, não tudo. Então gente, vamos olhar para dentro e enxergar que podemos ir além, não duvidemos de nossas capacidades. Eu posso, tu podes, juntos podemos!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Por Carta

   

   Por mais que sofra com as marcas das cicatrizes em meu corpo estampado ainda me lembro! Não sei definir se ainda o amo, mais dói quando em minha mente, meus sentidos e meus desejos rola uma reprise dos teus toques, do teu apoio e dos teus beijos.É difícil olhar para trás e ver que tudo o que tinha hoje já não tenho mais, travesseiros e edredons não substituem a maciez de sua pele e a suavidade de sua voz alcançando os meus ouvidos.
  O encontro de nossas almas foi o principio de viver num paraíso, onde o mais terrível dos acontecimentos não me tocavam, simplesmente porque ali você existia me confortando ou me cobrando. Me sentia completo, desfrutava dos prazeres de uma união mesmo que mentalmente estabelecida, era melhor que nada, a distância não me impedia de estar ligado em você a maior parte do meu dia, presente em mim você atiçava os meus pensamentos.
  A gente discutia e se entendia, era você que fazia parte de mim, era você que morava em meus sonhos, e como os sonhos que acabam com o despertar, você se foi, me deixou saudades. As coisas quando não tem que acontecer não acontecem, deveria ser assim também em relação ao que sentimos, quando não tem que ser que acabasse naquele instante, que acabasse tudo de vez. Talvez não existiria a dor e o sofrimento para as duas partes.
  Mas, infelizmente não é assim, embora, a dor que tanto nos machuca é a mesma que nos educa, ela nos ensina de alguma forma. Muitos corações de pedra já foram corações sensíveis ao simples toque de uma pena. Não existe uma coisa sem outra, condições sem explicações, tem coisa que nos leva a adotar formas brutas como a firmeza das rochas, esperando ser destroçada pela aparente fraqueza das águas, assim é a vida! 

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Contrariedades



   Pegando carona na onda da fotógrafa Hana Pesut, que teve a brilhante ideia de inverter as vestimentas tradicionais de homens e mulheres, como forma de criação de novos conceitos inimagináveis no mundo da moda, coisa bastante natural nesse meio, levanto aqui algumas questões que já fazem parte do mundo contemporâneo. O que na moda pareceu algo surreal e curioso de se ver, no dia a dia é cada vez mais comum presenciar os papéis de práticas masculinas e femininas passando por essa transformação.
  Não muito tempo atrás, serviços de homens e mulheres eram bastante definidos no mundo trabalhista, o machismo como ato aceitável dominava os lares pelo o mundo afora, só que este fato graças à determinação e a luta nada fácil das mulheres está fazendo parte de um passado cheio de repressão e desconfianças de suas capacidades, o "clube da luluzinha", está fazendo bonito e passando por cima de todos os tipos de preconceitos.
   Seja na construção civil, operando diversos tipos de máquinas e até mesmo no futebol, elas estão mostrando que aquilo que dizíamos serem coisas de homens, também são coisas delas, e vice-versa. Todos sabem que clínicas e salões de beleza estão sendo cada vez mais frequentados pelo o universo masculino, o que ao ver de muitos homens era uma frescuragem por parte delas (Depilação, uso de diversos tipos de cremes, enfim, vários métodos de cuidados com a beleza), hoje, esses costumes já estão fazendo parte da vida de muitos machos.
   Com isso, não podemos julgar as pessoas pelo o que elas parecem ser e sim pelo o que elas podem fazer, essas trocas de experiências do universo masculino e feminino podem ensinar ambos, muitas coisas, acima de tudo como viverem melhor, o fato é que entre a disputa histórica do azul e rosa, tudo se mistura e todos se gostam, não temos motivos para inventar competições, sendo que temos a possibilidade de trabalharmos e vivermos unidos, afinal de contas, a união não faz a força?

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Conversando com os Astros


 

  Ultimamente estou vivendo algumas experiências que me fez publicar esse novo post como forma de prestar minhas homenagens a maior caixa de segredos que existe, isto segundo os meus conhecimentos. Tenho certeza que alguns de vocês que neste momento estão lendo este texto irão concordar comigo. Tem alguma coisa neste mundo mais carregado de confidências do que o céu? Creio que não. Olhar para o céu e trocar ideias com a lua, as estrelas, o sol ao nascer pela manhã me enche de esperança, de sonhos e me renova.
  É uma forma tão aconchegante de desabafar quanto escrever, simplesmente amo. Fico ali meio que como um louco, tentando enxergar soluções através de possíveis códigos desenhados entre estrelas e nuvens, achando que as respostas dos meus problemas irão aparecer num passe de mágica, sem falar nas minhas perguntas pra lá de complicadas, aquelas que só a gente sabemos que temos e mais ninguém, tirando é claro a família céu que tem o dom e a paciência de te escutar calado sem responder as nossas importantes e problemáticas baboseiras.
  Aquela confiança inspiradora age como uma força magnética que nos desperta a vontade inexplicável de nos comunicar com os astros, de certa forma nos entregamos ao diálogo seguro pois ali o que é dito não é passado através de correntes compostas pelos terríveis fofoqueiros de plantão que nasceram para incomodar nossas vidas, especificamente a nossa paciência. Nos abrir mesmo que seja com algo que não nos dá respostas prontas faz bem a nossas almas, são esses momentos que nos faz encontrar uma identidade secreta que muitas vezes não sabemos ou não queremos mostrar aos outros que temos.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

O Lado Belo da Escuridão









   Quando trabalhamos com amor tudo flui, tudo caminha a passos largos, ao ponto do trabalho deixar de ser algo maçante para se tornar algo prazeroso, algo que nos acalma e que nos dá orgulho, imagina quando se tem uma deficiência que na teoria impossibilitaria a gente de desenvolver determinado trabalho e essa deficiência se torna  um mero detalhe que na realidade não afeta o andamento das coisas, pois acima de qualquer deficiência existe vocação, existe dedicação e empenho, o amor é capaz de tornar possível o que seria impossível, essa é a sua força!
   Com a americana Amy Hildebrand foi assim, sua deficiência visual em função do albinismo não impediu que ela se graduasse em artes e pudesse fazer isto, que são verdadeiras pinturas retratadas através de seus flashes. É arte em todos os sentidos, seu trabalho é uma arte, sua vitória é uma arte. Como uma pessoa que não tem a mesma capacidade de visão de outras consegue oferecer aos olhos alheios tamanha beleza e despertar com essa belezas um sentimento de simplicidade e suavidade?
  É mágico! Deixa a entender que não é a pessoa que escolhe o dom, o dom que escolhe a pessoa, será que é isto? Será que nascemos com aptidões desconhecidas e que são reveladas quando a vida resolve nos testar? Pode ser. O fato é que o seu trabalho preenche vazios e silêncios, quebra tabus e preconceitos a respeito das limitações de um individuo, embora, creio que quem faz as limitações somos nós, tem muita gente "capaz" se privando das ações mais simples. Vamos despertar dessa acomodação!



segunda-feira, 2 de abril de 2012

Linha do Tempo


Vista Parcial


Vista Parcial


Vista Parcial


Igreja Matriz


Fazenda Sossego 

  

   Tem algumas coisas que caem no colo da gente meio que sem explicação, assim foi a cidade de Comercinho-MG para mim, sendo natural de Osasco, vivi alguns anos naquela cidade dormitório localizada na região metropolitana do estado de São Paulo, mas, como Deus prepara uma missão ímpar na vida de cada um de nós, logo fui deslocado pelos bons ventos para terras distantes, sendo filho de imigrantes mineiros, meus pais comportaram como bons filhos que para casa retornam.
   Ganhei um bom lugar no vale do Jequitinhonha que me fez conhecer o que era a verdadeira cultura de Minas, a terra dos montes, de belas paisagens e pessoas hospitaleiras, fiz minha segunda parada em uma cidade chamada Medina, cidade que também carrego no coração em função de momentos felizes vividos por lá, a Medina de Leandro, a Medina minha, a Medina de toda a população ali instalada e ausentes, não esquecerei de partes da minha infância na rua Santo Antonio, próximo da Olegário Maciel, bons tempos!
  Só que a divindade tinha reservado pra mim algo desconhecido, distante daquela Medina apenas 42Km, um lugar tão igualmente especial como aqueles pelos quais passei, uma cidade maravilhosa, que escondia em seu pequeno tamanho, grandes amizades e pessoas que colaboraram de forma direta ou indireta  com a minha evolução, de nome um pouco engraçado, essa cidade já abre sorrisos só de citar seu nome e tudo que gera sorrisos gera alegria, conheci e literalmente colei na cidade de Comercinho.
  Um lugar de curiosidades mil, bem interior mesmo, quem mora aqui tem o prazer de desfrutar da tranquilidade de suas pracinhas e dos bons papos que rolam nas esquinas aquecidas com aquele bom cafezinho que apimentam as novidades que rolam em lugarejos como esses, Comercinho é assim! Apesar de tantas carências que aqui existem como acontecem em qualquer outra cidade, as pessoas aqui vivem bem, superando as dificuldades impostas por várias circunstâncias de uma forma firme, forte e feliz!

quarta-feira, 28 de março de 2012

Destino?

 


   É curioso como as coisas mudam de figura de uma forma que não podemos interferir nesse desenrolar de estórias e de vidas, as pessoas no mundo são movidas por uma força maior que comparo ao vento que desloca grãos de areia, folhas e outras matérias sem que esses possam esboçar alguma reação. Qual seria o nome dessa força? Respondo: Destino! Sim, o destino é capaz de transformar nossas trajetórias, mas, será que realmente somos capazes de transformar o destino?
   É uma pergunta que para muitos a resposta seria uma coisa lógica, mas, para mim não se apresenta como algo  tão claro e nítido assim. Tenho minhas dúvidas, minhas desconfianças que provavelmente o próprio destino irá me trazer a luz, quem sabe? Bem, isto, somente o mestre dos mestres, o sábio dos sábios, o criador dos criadores é que tem como desvendar esses mistérios e clarear a cabeça daqueles que buscam motivos para as coisas mais complexas.
   Temos sempre que confiar, pois, o Senhor é que tem a chave do diário escrito por ele mesmo. Não tem o ditado que diz: Deus escreve certo por linhas tortas? Pois então, Deus foi e é um escritor capaz de modificar os finais de obras de sua autoria. Devemos dar tempo ao tempo, e sermos, mesmo que seja um pouquinho pacientes, até mesmo, pelo fato de figurarmos como personagens importantes desse cenário no qual viemos a exercer tarefas por ele bem definidas.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Não se Define se Sente






   Quando falamos de nós mesmos, tem algumas coisas que expressam por si só os nossos desejos e sentimentos. Esses, são revelados ao ouvir uma música, assistir um vídeo, ao ver uma imagem que nos faz lembrar de alguém, lugar ou até mesmo daquele período que marcou para sempre nossas vidas, isto, parece ser mágico.Se identificar com criações abstratas inspiradas nos toques, nos sentidos, no emocional e nos entrelaces da carne, dos corpos.
   Ao imaginar os prazeres da vida se pudesse defini-los com alguma música, com certeza seria essa, O que será (A flor da pele), por ser envolvente, obra de arte perfeita, e por ser uma demonstração pura e real da união de almas através de um ato gostoso e caloroso, o sexo. O sexo aqui é mostrado de maneira intensa e espetacular, Chico Buarque de Holanda teceu em versos e rimas aquilo que em palavras por completo não se define, não se concretiza, pelo simples fato de que sexo não se explica se sente.
  Para os poetas as associações são indispensáveis, quando se associa o belo ao verdadeiro, pronto! Nasce uma nova obra capaz de despertar nas pessoas diferentes imaginações, indagações e por fim as conclusões, que Chico Buarque faz isso de maneira fácil, todos sabem. Mas até mesmo entre as melhores uma é escolhida por deixar a gente em estado de hipnose e boquiabertos, essa música é a que causa em mim essa reação, é uma música para se escutar sem ter por perto mosquitos a zoar, e de fazer a flor da pele. O que será?

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Nome: Carol Basílio / Sobrenome:Superação


  Na manhã deste domingo, 26/02/2012 assisti essa reportagem e achei que deveria compartilhar com vocês que acompanham o meu blog, me emocionei ao ver que em apenas um dia, um momento, um segundo, a vida da gente se transforma para sempre. O que fazíamos, como pensávamos e o que vivíamos, deixa de existir, evapora, some, os projetos de vida devem ser reformulados pois a surpresa nos visita, daí, temos que mudar o psicológico, se refazer, levantar e caminhar novamente com destino a outras paradas, buscando realizar novos sonhos.
  Já vi vários acontecimentos na vida que servem de exemplo para mostrar as pessoas que apesar de difícil a vida não acaba no primeiro obstáculo, mas essa reportagem... bem essa reportagem me tocou, passamos por conflitos emocionais, físicos e nos deixamos abater pelas situações, é fácil cair, mais que lógico, o complicado é dar a volta por cima fazer daquele problema uma solução, alçar novos voos que antes nunca imaginaríamos alçar.
  A rotina une e separa as pessoas, fatos acontecem a cada instante fazendo com que os pontos se relacionem ou não, da mesma forma que aconteceu o acidente no trânsito de Niterói-RJ com a Carol Basílio, acidente no qual a mesma perdeu as duas pernas fazendo com que encerrasse sua vida como jogadora de futebol, o mesmo, permitiu a ela a buscar o novo, rasgando as águas das piscinas ela se aventura na natação, e isto é louvável, plausível. A Carol me confirmou o seguinte: Problemas nascem para serem resolvidos e ponto. FELIZ SUPERAÇÃO PARA TODOS!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

LGBT Não é Sempre Cor de Rosa

 



   Muitos perguntam, muitos tem a curiosidade de saber como é, como funciona, como acontece. Ninguém sabe dizer ao certo do que se trata, como se desenvolveu. Mesmo sendo homossexual procuro explicar em suposições "o nosso mundo", sendo ele qualquer um dentro do que conhecemos como LGBT, quando digo explicar em suposições pode parecer algo curioso, mas é essa a realidade, isto acontece pelo simples fato de não ter uma certeza ao responder o por que de ser homossexual, ninguém até hoje sabe explicar as causas de ser homossexual, bissexual ou heterossexual.
   Mesmo não tendo essa explicação, sou obrigado a viver em um  mundo que julga o que é diferente, então, na maioria do tempo pode não parecer, mas a gente sofre por essa diferença, tem momentos que me sinto como se fosse um elemento incapaz de se misturar a outro, é como se fosse a água tentando se misturar ao óleo ou vice versa, me sinto como aquela embalagem que acabou de sair da fábrica com algum defeito e que deve ser descartada.
   O pior é que vivemos tentando nos adequar ao convívio social, por mais que em algum lugar nos sentimos  aceitos, chega um tempo que percebemos o peso das diferenças, o peso de ser o que somos, para trabalhar, para constituir uma família, para amar e até mesmo para frequentar um banheiro público fica difícil, as pessoas não estão preparadas para viverem abertamente quando o assunto se trata do tal LGBT, para uns, indivíduos com essas características, são verdadeiras aberrações, motivos de piadas e que não tem o simples direito de viver, é como dizem, somos cartas fora do baralho.
   A vida pra gente é uma eterna luta, onde o minimo é celebrado como algo supremo, todos temos os mesmos direitos e deveres, todos somos humanos, acertamos e erramos no mesmo compasso, somos iguais em condições pelo simples fato de sermos SERES HUMANOS, e temos que entender que as diferenças são as bases de uma SOCIEDADE, todos fazemos parte dela, e temos que respeitar todos como sendo um membro importante que contribui diariamente para existência de tal. Você é hétero e é gente, eu sou homo e sou gente, travesti, lésbica, bissexual... também são.
   As pessoas não são qualificadas como sendo boas ou ruins, levando em consideração a orientação sexual delas, a cor, se é deficiente físico ou não, se é pobre ou rico, enfim, o CONHECIMENTO é o primeiro passo para quebra de tabus e do preconceito, então permita-se conhecer o diferente, pois no diferente encontramos semelhanças que nunca passaria por nossas cabeças que existiam, podemos estar perdendo um grande amigo(a), por estar abrigando em nossos corações o maldito do PRECONCEITO. PERMITA-SE!


  

domingo, 5 de fevereiro de 2012

O Poder da Fé


   O mundo ás vezes se comporta como um campo minado, no qual figuramos como jogadores que necessita de habilidades para desviar das armadilhas que surgem do desconhecido, mas, não é sempre que conseguimos fugir dessas armadilhas, em algum momento iremos tropeçar, cair, iremos de encontro a derrota. Mas aí entra o poder da fé, da crença e da espiritualidade que nos move mesmo em situações que deveríamos estar imobilizados, nos levanta mesmo quando não temos forças nas pernas e nos faz enxergar mesmo diante de profunda escuridão.
   Deus faz parte de nossas vidas, ele nos preenche, nos protege, nos faz ver e sentir os espinhos, para sabermos que a flor além de bela é pacífica, nos testa para mostrar que temos a força e podemos com essa força, nos faz descobrir que é na imperfeição que encontramos aquilo que mais amamos, e notamos que se amamos, por mais que estejamos incompletos somos felizes, somos felizes nos detalhes, nos momentos, somos felizes em fases que na prática não são valorizados por nossas pessoas, só percebemos que ali fomos felizes depois que essas fases já passaram.
   Temos que enfrentar tudo o que acontece com a gente, isso mesmo, temos que enfrentar. É difícil, pois, não é sempre que nos encontramos preparados para tantas pancadas que sofremos diariamente,mas, temos as respostas para todas as perguntas, temos os motivos para todas as etapas, basta ter fé. Em Jesus nos achamos, nos reencontramos quando estamos sem direção, sem sombras de dúvidas ele é o caminho, a minha vida coloco em suas mãos. Amém Senhor Jesus! Escrevo este texto para você que morreu na cruz pala a humanidade.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sabores e dissabores

 



   Pra falar a verdade amar está sendo tão difícil, tão doloroso. As pessoas nos ferem amando, nos matam amando, nos desequilibram amando, tantas coisas são feitas, tantas coisas são deixadas para trás em nome de um amor que dizemos ser puro, ser verdadeiro, mas, que na maioria das vezes os sentimentos, a retribuição que você tem por tudo aquilo que ofereceu não compensa, não vale a pena. Paramos no tempo e caraminholas a passar por nossas cabeças, chegamos a conclusão que idealizamos demais, sonhamos demais e nos realizamos pouco.
   O coração nem se fala, fica duro, pesado, é como se tivesse parado de bater, sua respiração fica fraca, quase não sentimos o ar, parece que até as lágrimas secam. Não sei se consigo me abrir para novas oportunidades, para novas relações. Só sei que o mundo nunca foi e nunca será justo. As diferenças se manifesta em tudo, no jeito de vestir, na forma de falar, nos números dos RGs e também na forma de amar. Uns tem o privilégio de sentir os melhores sabores de um sentimento que castiga milhares de corações pulsando triste a vagar
   Mas, sou insistente, ainda acho que irá surgir brechas que farão abrir as portas para um novo desfecho, quem sabe? Nada melhor do que viver para saber, e vivendo um dia após o outro vou me atrevendo e me atirando em um roteiro desconhecido, inédito sem previsões para o que possa acontecer, o meu momento ta sendo assim, vou me descobrindo e me refazendo a cada instante, o amor nos ensina com final bom ou ruim, ele nos mostra que somos mais frágeis do que pensamos ser.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Pelo Respeito

 
 
 
   Fico tão feliz por saber que existem seres capazes de tratar as pessoas como pessoas de fato e não como um objeto descartável como se amanhã vc não fosse precisar dela para alguma coisa qualquer. O respeito deve proliferar, independente de cor, classe social, credo ou orientação sexual, quando sou tratado como lixo me sinto lixo, quando sou tratado como gente me sinto ouro. Entendam como uma forma de agradecimento pelo respeito que vcs tem por mim!

Abçssss [ ] do Alex.