quarta-feira, 28 de março de 2012

Destino?

 


   É curioso como as coisas mudam de figura de uma forma que não podemos interferir nesse desenrolar de estórias e de vidas, as pessoas no mundo são movidas por uma força maior que comparo ao vento que desloca grãos de areia, folhas e outras matérias sem que esses possam esboçar alguma reação. Qual seria o nome dessa força? Respondo: Destino! Sim, o destino é capaz de transformar nossas trajetórias, mas, será que realmente somos capazes de transformar o destino?
   É uma pergunta que para muitos a resposta seria uma coisa lógica, mas, para mim não se apresenta como algo  tão claro e nítido assim. Tenho minhas dúvidas, minhas desconfianças que provavelmente o próprio destino irá me trazer a luz, quem sabe? Bem, isto, somente o mestre dos mestres, o sábio dos sábios, o criador dos criadores é que tem como desvendar esses mistérios e clarear a cabeça daqueles que buscam motivos para as coisas mais complexas.
   Temos sempre que confiar, pois, o Senhor é que tem a chave do diário escrito por ele mesmo. Não tem o ditado que diz: Deus escreve certo por linhas tortas? Pois então, Deus foi e é um escritor capaz de modificar os finais de obras de sua autoria. Devemos dar tempo ao tempo, e sermos, mesmo que seja um pouquinho pacientes, até mesmo, pelo fato de figurarmos como personagens importantes desse cenário no qual viemos a exercer tarefas por ele bem definidas.