terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Mensagem Para Refletir...




   Os ponteiros dão voltas e mais voltas naquele relógio, tudo era tão mais difícil, não que agora tenha ficado tão fácil, talvez tudo esteja tão complicado como achava ou sentia ser, o tempo vai chegando pra gente, mesmo que isto não faça parte de nossas vontades, com ele vamos adquirindo experiências e as experiências nos ensinam que quase tudo pode ser relevante, temos que exercer o dom da paciência, e isto é algo muito penoso para ser colocado em prática,mas,que com certeza vale a pena.
   Temos a mania de dificultar tudo, de perdermos tempo com o que não merece e de valorizarmos aquilo que não tem valor. Se tem algo que tenho aprendido ultimamente é que muita coisa pode e deve ser descartada ao longo da caminhada, não chegaremos na reta final ao lado de todas as pessoas que conhecemos nem com tudo aquilo que vivemos, muita coisa será esquecida ou até mesmo deixadas para trás, um dia o encanto acaba.
   Diante desta situação, precisamos saber que existe um mundo lá fora que cada vez mais exige de nós, que suga nossas forças e as nossas atenções, e esquecemos de sentir o prazer dos perfumes das flores, a maciez dos abraços que nos esquenta, a sonoridade perfeita do que é cantar com os amigos, de dizermos palavras doces e de prestarmos atenção no que as pessoas doces tem para nos dizer, enfim, tudo está tão mecânico e é tão mecânico que em certas situações devemos e podemos nos permitir humanizar cada instante, fazer com que o calor habite nos corações que estão se acostumando a esfriar-se e o pior, corações esfriando e muitas vezes não percebemos, achamos que é normal viver em um mundo tão carente de bons sentimentos e de boas ações.

O Blog Faz Parte de Mim deseja um feliz natal para todos!!!  :)

terça-feira, 15 de outubro de 2013

15/10 Dia do Professor

 

   Saudações internautas, eis que ressurge das cinzas as postagens em nosso Blog. Devido a correria da vida, trabalho, trabalho e mais trabalho, está sendo difícil administrar o tempo para manutenção do Faz Parte de Mim. Enfim, sem mais delongas, e pondo fim aos blá, blá, blás. Estou aqui para deixar a minha simples mensagem de apoio e de agradecimento a todos os professores que fizeram parte da minha vida e contribuíram com a minha formação, exercendo papéis importantes na construção da minha pessoa. Sabemos que suas vidas se baseiam na superação das dificuldades que estão aí para tentar impedir a prática de um bom trabalho.
   Digo a vocês professores dessa cidade, desse estado, desse país que vocês são verdadeiros maestros e artistas, fazendo de suas façanhas para continuar ensinando e educando as nossas crianças, jovens e adultos. O que seria da nossa humanidade sem as suas existências? Diria que seríamos, pessoas envolvidas pela escuridão da falta de conhecimento, de valores e de exemplos. A valorização da profissão ainda é muito discutida, mas, o amor que temos e desenvolvemos por vocês no decorrer de nossas vidas é incondicional é crescente, triunfante. Desejo a todos a oportunidade de viverem em uma nação, onde o professor possa ter o verdadeiro reconhecimento pelas proezas realizadas.

Aproveitando a oportunidade, queria também deixar aquele apoio aos colegas que junto a mim, estão na busca pela realização de um sonho. Com certeza, toda esta galera que estão aqui em baixo, amanhã serão grandes professores. Turma: Ciências da Religião (Universidade Aberta do Brasil/UAB -Unimontes - Polo Pedra Azul/MG)


quinta-feira, 25 de julho de 2013

25/07 Dia do Escritor

   

   O que é um escritor se não bagunça, confusão e inspiração? Escritor é tudo isto, é amor, é sentimento, organização, coração. Palavras são tantas para definir o que de certo não se define, escrever é muito bom, nos acalma nas mais diversas transformações, escrever é assumir um compromisso grandioso com aqueles que nos dão seu tempo lendo o que oferecemos com carinho e dedicação. Nas mais conflitantes e elaboradas palavras, tentamos mostrar um caminho, opinião, critica, ficção ou emoção. Parabéns aos escritores e escritoras que fazem desse ofício suas razões. Hoje é o nosso dia! \o/ ;)

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Siga!



   Quem nunca na vida se sentiu meio assim? Se não todos, a grande maioria das pessoas que conheço já se viu nesta situação frequentemente, é muito fácil calçar as sandálias e caminhar pelos caminhos errados do mundo, nos agarrar as convicções que damos por certas quando na verdade nos proporcionam dias traiçoeiros, no meio disto tudo, as turbulências nos acontecem como forma de aviso, para nos alertarmos de que temos que modificar algo, perceber no que pecamos, ter coragem para abraçar as mudanças e seguir em frente.
   Tem coisas que são indispensáveis nesta fase, como por exemplo a fé em dias melhores, o apoio vindo dos céus que não nos falta e a ajuda de familiares que nos incentivam pela presença do amor a lutar, mesmo que as forças estejam escassas, eles são os nossos escudos que nos protegem dos mais variados ataques e nos fornecem as cargas energéticas de que necessitamos para não nos tornamos impotentes quando tudo nos leva a crer que somos impotentes, isto, nada mais é do que armadilhas do pensamento que podem facilmente nos atirar aos abismos, não caíam nelas!
   Hoje, depois de tanto me sentir assim, incapaz, descubro aos poucos que é preciso me manter de pé, quando não for possível, mesmo que ferido, pelo menos tento continuar, mesmo que seja arrastando. Como diz o ditado, chutar cachorro morto é fácil. Não se torne o cachorro morto, pois assim você será chutado sem pena nem piedade, muitas vezes por quem você nem imagina. Sabe esta imagem aí em cima? Pois então, ainda não sei que direção seguir, mas, sei que o amor de familiares e do Deus maravilhoso que neste momento está olhando por mim ao escrever esta mensagem, me indica que logo logo marcarei um ponto no universo para o qual devo me deslocar.


   

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Justiça no caso Bryan!!!



Imagem do menino Bryan (5 Anos)

   Na noite desta sexta-feira (28/06/2013), assistindo mais um telejornal, coisa que faço com frequência, já não é novidade pra mim nem pra ninguém as notícias chocantes que temos acesso, mas uma matéria em particular me deixou plenamente revoltado, a morte cruel a qual foi submetido o menino Bryan de apenas 5 anos após um assalto em sua residência, como se não bastasse o roubo que ali aconteceu que por si só já é um ato pelo qual temos repulsa, esses monstros ainda tiraram a vida desse garoto no colo de sua mãe que chorou para que eles não tirassem a vida daquela que lhe deu abrigo em seu ventre por 9 meses e pelos seguintes 5 anos cuidou, educou, protegeu e seres ... que não tenho nem palavras para me expressar de tanto nervosismo chegaram e acabaram com uma família inteira, deixaram de herança para aquelas pessoas um espaço que não será ocupado jamais.
   Bolivianos que vem tentar a vida em um país com cultura desconhecida e diferente da deles, chegam sofrem os piores abusos possíveis nas mãos de vários tipos de vermes que não oferecem nenhum tipo de estrutura adequada para que eles levem ao menos uma vida digna em terras brasileñas, são explorados por empresas ligadas a confecções de roupas que lucram com a mão de obra barata e sugam a última gota de suor daqueles que cumprem uma carga horária pesadíssima de trabalho para ganhar tão pouco.
   De vidas sofridas, tantas coisas para superar, dias passam, dias chegam e o objetivo é sobreviver e fazer das migalhas um tesouro, isto tudo já era injustamente suficiente, eles merecem assim como nós cidadãos brasileños: segurança do melhor, trabalho do melhor, educação da melhor, desejo veementemente que as autoridades de São Paulo bote as mãos nesses sujeitos, nesses bárbaros que roubaram não apenas o dinheiro, mas também LA VIDA do Bryan, esta noite o FAZ PARTE DE MIM, presta solidariedade aos familiares e amigos do Bryan. Deus esteja com vocês, Deus esteja com todos nós que também estamos sujeitos a passar por esta infelicidade. Triste! :(





Indignação por parte dos bolivianos que foram clamar por justiça. Já passou da hora do Brasil olhar para esse povo que carece de respeito e apoio


Familiares do menino Bryan, aqui faço público o meu desejo para que tenham força e superação neste momento, Deus não se esquece de ninguém, no amor dele devemos buscar conforto!






terça-feira, 25 de junho de 2013

Temos Objetivos e Líderes Definidos Sim!



   Demorou, mas finalmente resolvi comentar sobre as manifestações  que estão acontecendo em todo o país,venho acompanhando e me informando muito a respeito dos fatos que vem ocorrendo, não sei por qual motivo ainda não tinha escrito sobre tal assunto, talvez seja por achar que os protestos já estariam tendo uma cobertura absoluta pelos meios de comunicação mais populares que foram pegos de surpresa uma vez que ninguém esperava que as massas motivadas a lutar contra mais um aumento das tarifas dos transportes públicos nas grandes cidades se generalizaram e atingiram proporções gigantescas na medida em que foram agregando outras causas nesta luta puxada inicialmente pelo Movimento Passe Livre (MPL) que contaram com apoio de grande parte da população que se interessaram em buscar esse e outros direitos.
   Após alguns dias do início das ondas de protestos que tomaram as principais ruas e avenidas das cidades, venho aqui deixar apenas duas das maiores indignações que tenho. A primeira: Como algumas autoridades políticas e maus profissionais da mídia persistem em fingir não entender os objetivos da ação populacional, dizendo que não existe um foco, claro que não existe um foco, existem os focos. Simplesmente acho que seria difícil determinar um objetivo principal num país que vem sofrendo horrores com a existência de tantas coisas a serem melhoradas, tantas que seria até difícil enumerá-las.
   Falando de uma maneira mais resumida o possível, são constantes os problemas desencadeados pelos altos índices de violência que nos últimos tempos não está sendo um problema somente dos grandes centros urbanos como antes acontecia, temos um sistema educacional fragilizado que não prepara os jovens para a enorme concorrência no mercado de trabalho e nem é capaz de direcioná-los de maneira razoável para a convivência em uma sociedade parcialmente, muito menos plenamente organizada, embora essa responsabilidade em particular deva ser compartilhada com a família, que na maioria das ocasiões quando uma não falha a outra trata de se encarregar do erro e vice versa  ou as duas. O Sistema Único de Saúde (SUS) se encontra mais doente do que os seus próprios pacientes, o SUS não vive, vegeta. Corrupção? Melhor nem falar, já não é novidade alguma, muito pelo contrário parece ser algo tradicional em Brasília e nas prefeituras de grande parte das cidades brasileiras, aqui costumo comparar com aquela modalidade do esporte em que os políticos são os atletas que vivem passando o bastão da corrupção para o seu sucessor de quatro em quatro anos, triste comparação para o esporte, me desculpem os atletas envolvidos nesta modalidade, nada pessoal, se trata apenas de uma demonstração do que ocorre na política nacional da qual todos nós somos vítimas, fora tantas outras questões lembradas nesses protestos de norte ao sul, de leste até o último centímetro do oeste, triste realidade.
   A Segunda é que andam dizendo que as manifestações não tem lideranças definidas. Agora te pergunto: De qual liderança que eles estão falando? Será que eles não percebem que o povo neste caso estão sendo líderes de si mesmo e desta cobrança que veio como sinal da falta de forças ao convivermos com Ns problemas que vem massacrando e exigindo cada vez mais de um povo sofredor para sustentação deste país? Espero que esses reflexos da incompetência de nossos "representantes" sirvam para despertá-los e motivá-los na busca de ações que ajudem a nossa população a deitar-se eternamente em berço esplêndido.

   


   Só queria deixar bem claro que a paz nesses movimentos deve prevalecer, uma vez que um erro não justifica os outros, busquemos o que é nosso por direito de forma totalmente organizada sem depredar patrimônios públicos e danificar bens privados, devemos buscar justiça com o bom exemplo de nossos atos. 
 

terça-feira, 11 de junho de 2013

Edificando Pontes

   

   Quer se esconder? Se esconda. Não precisa camuflar-se e fingir atitudes, estando no norte ou no sul, não faz diferença, uma hora a gente se esbarra, o mundo é grande, imenso, mas, ele dá voltas e em uma dessas voltas, ninguém sabe o que poderá acontecer. Se manter distante é muito fácil, é muito simples, se bem que depende de qual distância. Quando nutrimos algo por alguma pessoa, a distância física pouco importa, relevamos,ela é amenizada pela distância emocional, que talvez seja o atalho que nos leva para o que pra carne deveria estar por perto.
   Fazendo algo qualquer, estando em algum lugar qualquer, tanto faz, tanto fez, se amando ou apaixonando, um pedacinho da atenção é desviada involuntariamente para aquele(a) que nos faz sonhar dormindo ou acordado, amar é muito bom, apaixonar-se melhor ainda, não existe amor infinito em um lugar onde não há luta para manter uma paixão dia após dia. Cada segundo é um primeiro encontro, permita-se conhecer o alguém que do seu lado está ou do seu lado faz falta. Quer se esconder? Se esconda, uma vez revelado o teu olhar, uma vez desfrutando o teu prazer, está registrado. Ganhe o mundo! Mesmo assim, viverás eternamente em meu peito.
   Antes amor eterno sem relação, do que relação sem amor eterno, quando amor união, sem amor nem sempre. Se viver distante é uma prova, que seja prova, não morro diante dela, distância a gente encurta, as estradas estão aí, viver cada segundo de forma intensa, é a fórmula para quem sabe e tem a real noção de que nada é para sempre, o corpo sendo matéria acaba com o tempo, o amor sendo abstrato vence o relógio,  é imortal, viva para amar somente, estando sozinho ou acompanhado é detalhe, o amor nem sempre é recompensado com um belo telhado sobre as nossas cabeças, ao invés de uma casa, edifique uma ponte ela é capaz de unir dois corações inversos e criar resistências. S2

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Agradecimentos: 200 Irmãos



   A pouco mais de um ano criei O Faz Parte de Mim (FPM), hoje rastejando como uma criança, que tem muitos passos a traçar pela frente me sinto orgulhoso ao ver a proporção que as coisas estão tomando, poucas pessoas o conhecem, mas, a esses poucos que para mim são muitos agradeço carinhosamente a atenção oferecida e o minuto precioso de tempo prestado, com as graças de nosso Senhor Deus, o Blog FPM irá comemorar o seu segundo aniversário em Novembro de 2013 já tendo atingido a meta dos 200 seguidores. Aos olhos de terceiros pode ser uma coisa pequena aos meus olhos é a valorização de um trabalho prazeroso que tenho o maior amor do mundo em desempenhá-lo. Bjoooos Pessoas e Abçs [ ] Carinhosos! \o/ Sou grato a cada um de vocês que aqui passaram e continuam passando!

terça-feira, 4 de junho de 2013

Falsidade Caí Fora!

   

   Todos em algum momento vive aquela etapa de peneirar algumas companhias, sabemos que os ciclos de relacionamentos sociais são cada vez mais crescentes e disso não temos como fugir, o fato é que existem muitos indivíduos que cada vez mais andam confundindo as coisas, ou seja, acham que sabem cultivar algum tipo de fidelidade e lealdade para com o colega ou o "amigo", mentira, não sabem. Estou cansado de ver pessoas ou até mesmo projetos delas que vivem arreganhando os dentes pra meio mundo, são os mais santos, os mais puros, os mais interessados em lhe ajudar, ou, pelo menos demonstram.
   Temos que tomar todos os cuidados do mundo com aqueles que se mascaram e que se sentem os maiores anjos, e anjos podem até ser seguindo os maus exemplos de um anjo bem conhecido biblicamente: Lúcifer, que do céu foi expulso por invejar e querer ser mais que Deus. Amigos de verdade contamos nos dedos e dificilmente completam uma dezena, durante os piores momentos é que conhecemos quem é quem. O certo é procurar a cada dia que passa manter uma ética para que possamos atrair energias e pessoas com astral positivo e ter a maior paciência do mundo para não igualarmos a esses tipos de seres.
   Não é fácil! Mas, fiz esse post para abrirmos mais os olhos e refletir, dar o devido valor a quem nos valoriza, e que façamos o possível para tirar algo de bom em tudo de ruim que possa nos acontecer, o fato é que pessoas soberbas, interesseiras e de conduta falsa pode nos ensinar tanto quanto as pessoas mais amáveis desse planeta e não devemos nos esquecer também que por melhor que seja as intenções por trás de nossos atos ainda somos falhos como qualquer outro ser humano. Deus nos coração e positividade é o que eu desejo a todos. \o/  ;)

domingo, 2 de junho de 2013

Os Preços De Uma Paixão

 

   Qual é o preço daquele corpo desejado? Da presença aclamada? De uma atenção não menos suplicada? Aqui não é mercado, não é bolsa de valores, mas, onde não se acha tais sonhos de consumo, tem gente se descontrolando, se coçando se arranhando para achar ao menos um lugar onde se possa encontrar nem que seja pra comprar o par eterno par, corpos a gente compra só andar por algumas esquinas, comprar? Comprado. Gozei! Mas caem na ilusão quem acha que determina o preço de um coração.
   Sentir uma segunda fragrância no emaranhado de lençóis sobre a cama bagunçada, sentir o atrito entre as peles se deslizando como seda uma sobre a outra. Alma chamando alma, alma atraindo alma, quando isto acontece é fatal, quem julga não ver moral, não viver é que é banal. Para uns chegam primeiro para outros somente depois, quem tem calma espera na fila, quem não tem sofre e conta até dois. Afinal a vida é tão curta abro os olhos e pronto, já foi!
   Querer se controlar? Querer deixar de sentir? Tem vezes que a gente até tenta, não conseguindo o jeito é deixar vir, viver as dores de um amor mal resolvido não é fácil, não é, mas, fazer o quê? Antes sonhando e imaginando, do que ter e depois perder. É meu caro amigo ou amiga, é mais que um labirinto, quem não se orienta se perde, o segredo de descobrir os caminhos é se perguntar: O que sinto? Não tenha medo das respostas, esse é o primeiro passo, tomará que você consiga amassos e até abraços.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Esperança de...

  

    Em uma bela tarde de uma determinada sexta o desejo incessante de renascer para um novo mundo me pega de uma maneira avassaladora, creio que ninguém por mais que entenda a si próprio enquanto pessoa nunca tenha se sentido um pouco perdido e deslocado em seu próprio tempo, em seu próprio meio, em si mesmo. Os dias que se repetem, as atitudes e consequências que ocorrem de maneira absolutamente iguais acabam enjoando qualquer ser humano na face da terra, fazendo deste uma pessoa frustrada pra vida e fechada para o novo, ou melhor, quase todas as pessoas. Existem aqueles seres que se prendem fielmente as tradições, até mesmo as tradições dos acontecimentos, é claro, que esse não sou eu.
   É meio louco, sei lá, a gente acaba se tornando a mãe Diná de si mesmo, pois muitas das ações repetitivas geram futuros repetitivos também, é como se fosse uma reprise de um passado bem conhecido, que as vezes seria bom revivé-lo novamnete outras nem tanto. Uns colocaria como solução desse "vale a pena ver de novo", um ataque imediato de loucura, aqueles em que você joga tudo pra cima e abraça o inesperado, vivendo o momento de maneira irracional e sem planejamento algum, talvez atitudes imediatas desenvolvidas na base do reflexo de um sentimento, esconda mais RAZÃO do que imaginamos.
    O fato de como disse, ser uma bela tarde de sexta, contribui e tanto para que coisas desses tipos sejam colocadas em prática é bem convidativo. Só sei de uma coisa, como quase todas as sextas essa não será diferente das normais, o happy hour será mantido, talvez, seja uma das poucas tradições que me agrada, depois da cabeça vazia, depois de ter esquecido por alguns instantes dos problemas em um bom buteco, quem sabe alguma medida para a transformação deste ciclo possa surgir. ;)

quinta-feira, 2 de maio de 2013

O Passeio da Inspiração




   Ultimamente estou me sentindo a pessoa mais vazia em termos de criatividade, passei mais de um mês seguido sem ter feito nenhuma postagem, isso me deixa totalmente frustrado e triste, querer escrever sem  ter a mínima noção do que escrever, sentir-se uma pessoa despossuída de ideias é vagar na maior pobreza que se possa imaginar, a pobreza do intelecto. Não sei exatamente o que fazer, vou em busca da inspiração ou espero ela chegar? Sinceramente é a primeira vez que me deparo com essa situação desde quando o FAZ PARTE DE MIM nasceu.
   A sensação que tenho é que como um pai tivesse abandonado um filho nas ruas a mercê da sorte, a responsabilidade com quem segue esse espaço ficou um pouco de lado, mas, daqui pra frente procurarei me manter em equilibrio ao ponto de não deixar na mão quem me ofereceu a amizade e acima de tudo a atenção, de uma coisa vocês podem ter certeza, sou muito preocupado em não perder a presença de cada um de vocês leitores integrantes do FPM.
   Espero que este Blog ande pra frente e acima de tudo compromissado a atender bem cada raíz que mantém essa árvore de pé, cada raíz com suas diferenças que contribuem igualmente para que a chama de um sonho se mantenha acesa por tempo indeterminado, enquanto houver alguém por aqui, saibam que não pretendo nadar, nadar e morrer afogado na praia. Com a benção de um Deus todo poderoso, espero que enquanto o sangue correr nas veias, possam correr também as letras por essa tela. ; ).

Abraços Carinhosos [  ]

Alex Konrado

segunda-feira, 18 de março de 2013

Prisão Sem Muros



   Por quais motivos não nos soltamos das correntes? Não nos concedemos liberdade? Não derrubamos as paredes de uma prisão construída por nós mesmos? Será que é mais seguro se manter em uma situação que já estamos habituados a conviver? Talvez se manter preso é se manter liberto, talvez viver em liberdade seria alimentar uma prisão pessoal e única, muitos não entenderão o que quero dizer, sei lá... talvez não seja para entender mesmo, palavras não explicam mais do que o próprio sentimento que faz nascer esse texto.
  O que fazer quando não se tem o norte? Um sul? Um leste ou oeste? Obter uma bússola? Seria ótimo, se a direção que no momento não tenho, fosse esta. A direção aqui tratada é outra, tão falada, mas pouco conhecida em seus mais saborosos aspectos pela humanidade, a direção aqui mencionada se guia pelo pulsar de um órgão, se guia pela intensidade da respiração, se guia pela dilatação da pupila quando o ser que nos causa tantas transformações se aproxima e faz o mundo ficar tão interessante, ou não, quando existe aquela PRISÃO construída por nós, por eles ou por um conjunto de fatores e circunstâncias edificadas pela vida, que nos faz perceber que se atirar em direção errada, se atirar em uma direção proibida seria como saltar em um abismo.
  De que forma impedir desejos e pensamentos? Alguém me ensina? Atitudes são cortadas para matar o que se carrega nos instintos, tudo se entrelaça, tudo se mistura. Vontade de esquecer sempre tenho, esqueci um, esqueci dois, e pra esquecer o outro só me resta o tempo é nele que me agarro, é nele que me contento e por falar nisto, mesmo que meus pensamentos voem ao seu encontro, já se passaram alguns minutos desde que comecei a escrever, já é alguma coisa, o relógio é quem dita a regra!

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Apoiando a Pastoral da Criança


   É motivador saber que existe ainda o interesse por parte de algumas pessoas para ajudar a fazer o bem por suas comunidades. Em Comercinho, cidade localizada no vale do jequitinhonha no estado de Minas Gerais, o trabalho desenvolvido pela Pastoral da Criança estava passando por um período de dificuldades devido algumas carências, talvez, a maior delas seria a baixa procura de pessoas que estariam empenhadas a desenvolver o serviço voluntário de líder da Pastoral.
  Não é de agora que venho acompanhando esse importante trabalho, no mínimo, são por volta de 5 anos que além de mim, outras colegas que também desempenham o papel de Agente Comunitárias(os) de Saúde resolvemos abraçar essa causa e unir forças para que o projeto caminhe a passos largos e para frente, rsrsrs. No dia 02 de Fevereiro de 2013(Sábado), tivemos uma ótima reunião onde muitos jovens participaram com o intuito de se juntar a esta grande família, e ver aquelas pessoas ali, foi no mínimo muito prazeroso.
   Creio que a maioria das pessoas já saibam do compromisso vital que a Pastoral da Criança desenvolve em todo o país e poder vê-la respirando com sinais de vida meche com as minhas emoções, como também com as emoções de cada participante que esteja ali firme e forte para levar informações e auxílio em diversas comunidades carentes que precisam dessa mão amiga empenhada a ajudar famílias dos mais diferentes tipos. 


Algumas das Agentes Comunitárias de Saúde que trabalham em parceria com a Pastoral da Criança
Da Esquerda para Direita: Fabiana, Fernanda, Bárbara, Bethânia e Janine


Da Esquerda para Direita: Abdóm (Coordenador de Ramo), Inalva (Coordenadora Regional), Joana (Coordenadora Setor Coronel Murta-MG)



Imagens da Reunião


Eu

"A Pastoral da Criança, desde o início, teve a preocupação não só de reduzir a mortalidade infantil e a desnutrição, mas também de promover a paz nas famílias e comunidades, pelas atitudes de solidariedade e a partilha do saber a todas as famílias."
Zilda Arns Neumann

Termino aqui, deixando o meu desejo de sorte! ;)






quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Na Luta Contra a Violência

   


   Inconformado é como me sinto ao ser telespectador de muitas barbaridades que acontecem diariamente em minha cidade, em meu estado, em meu país, enfim, em meu mundo. Que tipo de animal racional é o homem que espanca, que tortura e que mata? Que tipo de animal racional é o homem que tira o alimento do irmão, tira o teto do vizinho e sai queimando andarilhos que de bens, mal tem a rua um cobertor rasgado e por um oferecimento do lixo consegue ter também um papelão?
  O mundo se encontra como verdadeiros bueiros, onde tudo, ou quase tudo, se encontra sujo e poluído, imundices governadas por ratazanas, onde as baratas se proliferam e serpentes ao extremo venenosas tomam conta e dominam, atacam e exterminam, serpentes essas bem piores que as najas, não rastejam, andam e bípedes, fazem questão de pisar sobre uma coisa, um sentimento, uma sensação que aos poucos vai descendo por ralo abaixo, uma coisa rara, tão escassa quanto ouro, quanto a água pura, a PAZ!
  Tão torturante como sofrer algum tipo de violência é ver, ter notícias de alguém que faça parte de seu ciclo de relações ou não, ser vítima parcial ou total desse ato, não quero aqui limpar minha barra e dizer que nunca fui tomado por ataques de fúrias, estaria com certeza mentindo, é natural do ser humano sentir desse mal. Mas, não é nada natural se deixar dominar por essa doença, fazendo assim com que tiremos a vida do próximo, é vergonhoso, é lamentável é TRISTE.
   Essa corrente maléfica é crescente, embora o desejo de justiça seja tão crescente quanto ela, é questão de lógica, uma coisa puxa a outra, se não existissem injustiças, qual seria o motivo, de querermos o inverso? Eduquemos nossas crianças para que futuramente elas não possam serem tão reféns desse mundo, no qual elas possam ser também as futuras vítimas, eu não preciso disso, você não precisa disso, e elas definitivamente também não. Façamos valer a VIDA, façamos valer uma coisinha básica que se chama DIREITOS HUMANOS, dessa maneira o mundo como em um processo de evolução se limpará de energias e ações mais do que negativas.